Don Quixote abre os desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio

Jaime Ortega Carrascal Rio de Janeiro, 14 fev (EFE).- O mundo de Don Quixote de La Mancha chegou nesta noite ao sambódromo do Rio de Janeiro pelas mãos da União da Ilha do Governador, que abriu os desfiles com representações da obra de Miguel de Cervantes e da cultura e das tradições da Espanha.

EFE |

A União da Ilha, que volta a disputar o Grupo Especial após oito anos no Grupo de Acesso, apresentou o enredo "Don Quixote de La Mancha - O cavaleiro dos sonhos impossíveis", tentando ao menos se manter entre as grandes escolas em 2011.

A comissão de frente era inspirada nas touradas. Na coreografia, quinze artistas, com seus capotes de briga, encenavam o controverso esporte espanhol e interagiam com o público.

"Don Quixote encanta pela loucura da luta por ideais dos quais a razão desistiu", disse a carnavalesca da União da Ilha, Rosa Magalhães, ao explicar o tema.

O abre-alas apresentou um Don Quixote gigante, lendo, sentado com vários de livros a seu ao redor.

"Voltou a Ilha! Delira o povo de alegria / Nessa folia sou fidalgo, sou leitor / Cavaleiro sonhador", diz uma das estrofes do samba, cantada a plenos pulmões pelos 3.600 integrantes da escola.

Touro e mouros, castanholas, chapéus tradicionais, leques, mantas, dançarinas de flamenco, lanças, espadas, elmos, armaduras e outras peças importantes da cultura espanhola se destacavam entre as fantasias da escola da Ilha do Governador.

Nos oito carros, a escola mostrou um gigantesco dragão, moinhos de vento e os demais inimigos imaginários de Don Quixote.

A escola teve problemas técnicos com seu último carro, que tinha estátuas de Don Quixote e Sancho Pança e representações de suas batalhas, mas conseguiu superar o percalço a tempo.

Depois da quixotesca abertura dos desfiles do grupo especial, outras cinco escolas completarão o programa desta noite, que se prolonga até o amanhecer da segunda-feira. Na noite de amanhã, seis outras escolas completam os desfiles do Grupo Especial.

A Imperatriz Leopoldinense apresentará o tema "Brasil de todos os deuses", sobre as diferentes religiões que convivem no país. A seguir, a Unidos da Tijuca apresenta "É segredo!", cantando os mistérios que sempre intrigaram a humanidade.

"México, o paraíso das cores, sob o signo do sol", é o tema do desfile da Unidos do Viradouro, que homenageia o país latino-americano.

A atual campeã, Acadêmicos do Salgueiro, entra na Marquês de Sapucaí ainda nesta madrugada, apresentando "Histórias sem fim", uma viagem pelo mundo mágico dos livros.

A primeira noite de desfiles será fechada pela Beija-Flor de Nilópolis, a maior vencedora dos últimos anos, que apresentará a história de Brasília, que este ano completa 50 anos de fundação. O enredo "Brilhante ao sol do novo mundo, Brasília: do sonho à realidade, a capital da esperança".

Entre os convidados que marcam presença no primeiro dia de desfiles do grupo especial no sambódromo estão a cantora Madonna e seu namorado, o modelo brasileiro Jesus Luz. A atriz e herdeira milionária Paris Hilton, com seu namorado, o jogador de baseball Doug Reinhardt, e o ator britânico Gerard Butler, entre outros, também eram esperados. EFE joc/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG