Dominicanos presos sob escombros no Haiti pedem ajuda por mensagens de texto

Santo Domingo, 13 jan (EFE).- Um dominicano preso junto a outros compatriotas embaixo dos escombros do hotel Montana, em Porto Príncipe, um dos edifícios que desabaram no terremoto que atingiu o Haiti nesta terça-feira, conseguiu se comunicar hoje por meio de mensagens de texto enviadas com um telefone celular.

EFE |

Ruddy Benet mandou mensagens para vários dominicanos em Santo Domingo dizendo o local exato do grupo no que sobrou do Montana e pedindo água, informou a rádio local "Z-101", depois que um de seus jornalistas recebeu o pedido de auxílio.

Os sobreviventes receberam resposta e uma equipe de socorristas dominicanos que se encontra em Porto Príncipe saiu em seu resgate.

Os dominicanos afirmaram que não escutaram barulho algum em cima dos escombros, o que indicaria que ninguém se aproximou das ruínas do Montana, um dos principais hotéis de Porto Príncipe.

Brigadas de socorristas dominicanos já estão na capital haitiana para ajudar nos trabalhos de resgate de vítimas fatais e feridos.

Mais cedo, um canadense preso sob os escombros de um prédio derrubado pelo terremoto pediu ajuda por mensagem de celular.

O ministro de Assuntos Exteriores do Canadá, Lawrence Cannon, disse hoje em coletiva de imprensa que foi recebida uma mensagem de texto de um canadense preso nos escombros e que as autoridades sabem "onde ele está exatamente".

O poderoso terremoto aconteceu às 19h53 (Brasília) de terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe. O primeiro-ministro do Haiti, Jean Max Bellerive, cifrou hoje em "centenas de milhares" o número de mortos.

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 11 militares do país que participam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A brasileira Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, ligada à Igreja Católica, também morreu no terremoto. EFE rs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG