Doméstica herda mais de US$ 4 milhões de patroa em Cingapura

Filantropa deixa fortura a empregada filipina em agradecimento a 20 anos de bons e leais serviços, segundo jornal

AFP |

Uma doméstica filipina foi recompensada por sua riquíssima patroa com parte de sua fortuna depois de 20 anos de bons e leais serviços, divulgou nesta quarta-feira o jornal Straits Times. "Sou a doméstica mais feliz de Cingapura, com ou sem dinheiro", declarou a mulher, solteira, de 47 anos, apresentada com o pseudônimo de Christine pelo jornal.

Agora, ela possui uma fortuna estimada em 6 milhões de dólares cingapurianos (mais de US$ 4 milhões), incluindo investimentos e um apartamento de luxo no centro da cidade-Estado. O patrimônio pertencia à doutora e filantropa Quek Kai Miew, que morreu no ano passado, aos 66 anos.

"Estive sempre a seu lado. Eu a acompanhava para todos os lugares", contou Christine, que também cuidava da mãe de Quek. "Não havia segredos entre nós. Por isso, não fiquei surpresa quando ela me disse, antes de morrer, que seria sua herdeira."

A empregada, que deseja obter uma permissão de residência permanente em Cingapura, afirmou que sua nova fortuna não vai transformar seu modo de vida nem suas relações sociais. "Não fico pensando muito em dinheiro. Vivo como antes, não como uma pessoa rica", informou.

Mas ela tomou o cuidado de não revelar sua identidade ao jornal, com medo de ser ameaçada ou acabar vítima de um sequestro, como acontece de vez em quando em seu país de origem. Quase 200 mil domésticas filipinas ou indonésias trabalham para famílias ricas de Cingapura, que tem com quase 5 milhões de habitantes.

    Leia tudo sobre: cingapuradomésticaherança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG