Moscou, 5 jun (EFE).- Dois tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS), o russo Gennady Padalka e o americano Michael Barratt, começaram hoje uma caminhada espacial para instalar uma série de equipamentos na plataforma, informou o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia.

A saída ao exterior da ISS, que estava programada para as 10h45 de Moscou (3h45 de Brasília), aconteceu com um atraso de 1h7min devido a uma verificação adicional, declarou o porta-voz do CCVE, Valeri Lindin, à agência oficial "Itar-Tass".

Padalka e Barratt têm como missão instalar várias antenas e equipamentos para o sistema de engate automático Kurs no porto de acoplamento do módulo russo Zvezda.

Além disso, deverão fixar vários cabos elétricos no casco da plataforma, e fotografar os resultados de seu trabalho para que os especialistas em terra possam verificar se as antenas ficaram na posição correta.

Estes trabalhos, com uma duração programada de pouco mais de cinco horas e meia, têm como objetivo acondicionar o porto de acoplamento para receber o módulo científico MIM-2.

Os trabalhos de Padalka e Barrat são supervisados no interior da ISS pelos outros quatro membros da tripulação: o japonês Koichi Wakata, o russo Román Romanenko, o canadense Robert Thirsk e o belga Frank de Winne. EFE bsi/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.