Nuakchott, 30 abr (EFE).- As Forças de segurança da Mauritânia detiveram na madrugada passada dois ativistas salafistas, supostos autores do assassinato de quatro turistas franceses e do ataque contra a Embaixada de Israel em Nuakchott, disseram hoje à Agência Efe fontes oficiais.

Foram detidos Sidi Ould Sidna, um dos supostos autores do assassinato dos turistas franceses, em 24 de dezembro, e Khadim Ould Semane, que participou de um ataque no começo de fevereiro contra a legação diplomática israelense. EFE mo/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.