Sana, 19 jan (EFE).- Dois supostos membros de uma célula terrorista iemenita ligada à organização Al Qaeda morreram hoje em um confronto com as forças de segurança, informaram fontes oficiais.

As fontes disseram que um dos dois falecidos era saudita e o outro, iemenita, e que, na operação, um dos supostos membros da célula terrorista foi detido e um quarto integrante conseguiu fugir.

A operação policial ocorreu em uma casa na qual moravam os suspeitos, em um bairro dos arredores de Sana.

Um dos mortos no confronto com as forças de segurança foi identificado em comunicado do Ministério da Defesa como Salim Muhammad, de nacionalidade saudita.

O outro falecido foi identificado como Badr Dawoud Saleh Musharea'a, de nacionalidade iemenita, mas nascido na Arábia Saudita. O detido, Musaed Ahmed Naji al-Barbari, também é iemenita nascido na Arábia Saudita. EFE ja/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.