Dois soldados holandeses morrem em explosão no Afeganistão

Dois soldados holandeses, um deles o filho do comandante-em-chefe das tropas holandesas no Afeganistão, morreram nesta sexta-feira no país centro-asiático devido à explosão de uma bomba sob seu veículo, informou hoje o Ministério da Defesa holandês.

EFE |

O tenente Dennis van Uhm, de 23 anos, circulava a doze quilômetros da base holandesa, na instável região de Uruzgan (no sul do Afeganistão), quando o explosivo foi detonado, o que levou o militar à morte.

O tenente era filho do comandante Peter van Uhm, que controla desde ontem o comando do destacamento holandês integrado na Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no Afeganistão.

A outra vítima fatal é um soldado de 22 anos.

O atentado também deixou dois feridos: um soldado de 20 anos, que se encontra em estado crítico, e outro de 25 anos, cuja situação é estável, segundo um comunicado da Defesa.

As vítimas de hoje aumentam para treze o número de militares holandeses mortos no Afeganistão sob o mandato da Isaf.

Leia mais sobre: Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG