Dois soldados e dois civis morrem em atentados no Iraque

Bagdá, 23 jul (EFE).- Dois soldados e dois civis iraquianos morreram hoje em três atentados terroristas nas províncias de Ninawa e Diyala, ao norte de Bagdá, informou a agência independente iraquiana de notícias Aswat al-Iraq.

EFE |

A agência, que cita uma fonte de segurança de Ninawa, afirmou que um grupo armado atirou contra os dois militares em um posto de controle estabelecido no bairro de Al-Tahrir, no leste de Mossul, capital de Ninawa.

Além disso, um motorista de táxi foi assassinado a tiros por desconhecidos em frente de casa, na área de Al-Miran, no centro de Mossul, afirmou a fonte.

Também revelou que uma mulher morreu devido à explosão de uma bomba nas proximidades da localidade de Al-Meqdadiyat, cerca de 45 quilômetros ao nordeste de Baquba, capital da província de Diyala.

A violência persiste na província de Ninawa, apesar do estrito plano de segurança que entrou em vigor nessa cidade em 10 de maio e que tem como objetivo pôr fim aos ataques de insurgentes e da rede terrorista Al Qaeda.

As autoridades de Diyala anunciaram ultimamente os preparativos para lançar uma ampla campanha de segurança nessa província, depois que os rebeldes e a Al Qaeda aumentaram suas ações violentas. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG