Dois soldados britânicos morrem no sul do Afeganistão

Londres, 2 jul (EFE).- Dois soldados britânicos morreram na quarta-feira no sul do Afeganistão por causa de uma explosão, informou hoje o Ministério da Defesa do Reino Unido.

EFE |

Os militares morreram durante uma operação contra insurgentes perto de Lashkar Gah, capital da conflituosa província de Helmand.

O Governo britânico informou sobre as baixas um dia depois de soldados americanos e afegãos iniciarem uma grande ofensiva contra redutos talibãs em Helmand.

As forças britânicas - também com o apoio de americanos e afegãos - estão lançando ataques no norte da capital de Helmand, enquanto os distritos onde a coalizão liderada pelos EUA pretende atacar os talibãs estão situados mais ao sul.

Até o momento, 171 membros das Forças Armadas britânicas morreram no país asiático desde a invasão da coalizão liderada pelos Estados Unidos, em novembro de 2001.

O Reino Unido tem cerca de 8,3 mil soldados em território afegão, a maioria concentrados no sul, como parte da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no Afeganistão - sob mandato da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) -, segundo dados do Ministério da Defesa britânico. EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG