Dois soldados americanos contraem gripe suína na Alemanha

Pelo menos dois soldados americanos contraíram o vírus da gripe suína no hospital militar americano que o presidente Barack Obama visitou sexta-feira na Alemanha, anunciou neste sábado uma fonte militar dos Estados Unidos.

AFP |

Dois casos de gripe A (H1N1) foram confirmados quinta-feira pelo hospital de Landstuhl (oeste da Alemanha), e quatro outros casos são considerados "prováveis", de acordo com um comunicado emitido pelo comando regional medical Europa.

"Os casos envolvem pacientes militares que dividiam um mesmo espaço em Landstuhl. Com exceção de um paciente que chegou da Itália em 26 de maio, nenhum dos outros viajou para fora da Alemanha nas duas últimas semanas", diz o comunicado, destacando que a origem da infecção está sendo investigada.

Nenhum outro caso foi assinalado fora deste grupo, frisou o comando regional.

Estes são os dois primeiros casos confirmados de gripe suína entre militares americanos na Europa.

O presidente Obama, que está agora na França, visitou na noite de ontem soldados americanos feridos no Iraque ou no Afeganistão e transportados para Landstuhl, o maior hospital militar americano na Europa.

Leia mais sobre gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG