Dois sauditas são decapitados por estuprar um homem

Dois sauditas condenados a morte por estuprar um homem foram decapitados nesta sexta-feira, em Riad, informou o ministério do Interior da Arábia Saudita.

AFP |

Os condenados, Nasser al Harby e Majid al Sibeiy, invadiram a casa da vítima, cuja identidade não foi revelada, enquanto dormir, o agrediram e o estupraram, explicou a fonte.

Com estas decapitações, sobem para 100 o número de execuções anunciadas pelas autoridades sauditas. O recorde foi alcançado em 2007 com 153 execuciones.

Estupro, assassinato, apostasia, roubo a mão armada e tráfico de drogas fazem parte dos crimes castigados com a pena capital neste reino ultraconservador que aplica rigidamente a sharia (lei islâmica).

A organização Anistia Internacional já criticou o governo saudita por essas execuções.

    Leia tudo sobre: arábia sauditaestupro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG