Dois policiais e dois soldados morrem na Argélia

Argel, 12 mar (EFE).- Dois policiais, entre eles um oficial, e dois soldados morreram nas últimas 48 horas em dois atos de violência na província de Batna, no leste da Argélia, e perto de Tizi-Ouzou, capital da região da Cabília, informaram hoje fontes de segurança.

EFE |

Os dois policiais, após serem avisados na quarta-feira pela população da presença de indivíduos armados na área, iniciaram a busca dos suspeitos e os localizaram em um bairro popular em Batna.

No confronto a tiros posterior, os dois agentes morreram, enquanto os terroristas conseguiram fugir, após roubar o caminhão de um cidadão que circulava pelo local.

Na véspera, um comando terrorista disparou contra um controle de estradas na saída em Tizi-Ouzou, matando dois soldados e ferindo um terceiro.

Na segunda-feira passada, outro policial foi degolado e depois queimado dentro de seu veículo perto de Boghni, também na Cabília.

No sábado, um atentado suicida contra a sede da Guarda Comunal (milícia paramilitar) na cidade de Tadmait, na mesma região, deixou dois mortos e sete feridos.

Estes atentados ocorrem a poucos dias do começo, em 19 de março, da campanha para as eleições presidenciais argelinas, que acontecerão em 9 de abril. EFE sk-jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG