Dois novos terremotos de mais de 5 graus atingem o noroeste da China

Pequim, 10 jun (EFE).- Dois terremotos, um de 5,5 graus na escala Richter e outro de 5,1, aconteceram hoje na província de Qinghai (noroeste da China) no espaço de uma hora, informou a agência oficial Xinhua.

EFE |

Em ambos os casos a agência de notícias "Xinhua" disse não terem sido registradas vítimas.

A Rede Sismológica Nacional da China informou que o segundo tremor aconteceu às 19h04 horário local (8h04, horário local) e seu epicentro ficou em 33,3 graus de latitude norte e 91,9 graus de longitude leste.

Este é o segundo terremoto de mais de cinco graus de magnitude que sacode Qinghai hoje, já que uma hora antes, às 18h04 (7h04 de Brasília), foi registrado outro tremor de 5,5 graus de magnitude, com um epicentro muito próximo, a 33,2 graus de latitude norte e 91,9 graus leste.

Por enquanto, as autoridades não contam com um balanço de danos pessoais ou materiais, embora, segundo informações da Rede Sismológica da China, a área mais atingida é pouco povoada, pois encontrar-se a uma altitude próxima dos cinco mil metros acima do nível do mar.

Os terremotos de hoje são os mais recentes dos milhares que foram registrados na China desde que no dia 12 de maio um potente tremor atingisse a província Sichuan e arredores, com um número de 87 mil mortos e desaparecidos até hoje. EFE gmp/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG