Dois mortos em manifestação curda na Turquia

Duas pessoas morreram e várias ficaram feridas nesta terça-feira em Bulanik, sudeste da Turquia, quando um comerciante disparou contra vários manifestantes que denunciavam a dissolução do principal partido pró-curdo do país.

AFP |

O comerciante, armado com um fuzil de assalto, disparou contra os manifestantes que protestavam contra a decisão da Corte Constitucional de proibir o Partido por uma Sociedade Democrática (DTP, pró-curdo), indicou Ali Edip Budan, governador adjunto da província de Mus, da qual depende administrativamente esta localidad de 40.000 habitantes.

O agressor foi detido, acrescentou a agência Anatolia.

O DTP foi proibido por sua ligação com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), uma organização considerada terrorista por Ancara e inúmeros países.

str-BA/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG