Dois palestinos morreram neste sábado e quatro ficaram feridos em um confronto no campo de refugiados palestinos de Ain Helué, no sul do Líbano, indicou à AFP um administrador palestino do campo.

Walid Sallum, membro do comitê criado para solucionar os conflitos entre as facções palestinas no campo, e Abed Khawali, membro do grupo islâmico Khund al-Cham, foram mortos a tiros quando Chehade Khawhar, dirigente do mesmo grupo, entrou em confronto com membros da Resistência Armada, a polícia do campo.

Sallum morreu ao tentar se colocar entre os membros do Khund al-Cham e a Resistência Armada, indicou a autoridade, sob anonimato, que não identificou a origem dos disparos.

Chehade Jawhar está em estado grave, acrescentou.

Depois desse incidente, tiros foram ouvidos e dois foguetes RPG foram lançados no interior do campo, ferindo três civis palestinos.

Ain Helué, com 45.000 habitantes, situado na periferia da cidade portuária de Saida, é o mais populoso dos 12 campos de refugiados palestinos no Líbano.

lr/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.