Duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em novos confrontos entre separatistas muçulmanos e a polícia nesta sexta-feira na Caxemira indiana, território afetado desde junho por uma grave crise.

Milhares de policiais foram mobilizados na parte indiana da Caxemira, habitada em sua maioria por muçulmanos, para conter os manifestantes que atiravam pedras aos gritos de "Liberdade" e "Alá é grande".

Em Shopian, 50 km ao sul de Srinagar, capital de verão da Caxemira indiana, a polícia abriu fogo contra os manifestantes e lançou bombas de gás lacrimogêneo.

Policiais afirmaram que 30 pessoas ficaram feridas.

iw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.