BUENOS AIRES (Reuters) - O norte da Argentina também registrou um terremoto de magnitude de até 6,3 às 12h de sábado, assustando moradores das províncias de Salta, Jujuy e Tucumán, o que levou à retirada de várias pessoas por precaução. Uma médica de um hospital disse que uma criança e um adulto morreram devido à queda de paredes e destacou que outras quatro pessoas ficaram com traumatismos diversos.

"Este movimento foi local, superficial e até diria que comum em Salta, de uma outra falha (placa) que não tem nada a ver com o caso chileno", explicou um especialista argentino.

O governador de Salta, Juan Urtubey, convocou uma reunião de emergência para analisar medidas de segurança.

No sábado, um forte terremoto de magnitude 8,8 atingiu o centro e o sul do vizinho Chile, deixando mais de 300 mortos e 2 milhões de desabrigados.

(Reportagem de Jorge Otaola)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.