Dois militares dos EUA denunciados por morte de preso iraquiano

Dois militares americanos estacionados no Iraque foram denunciados pelo assassinato de um prisioneiro iraquiano, anunciou neste sábado o Exército dos Estados Unidos em um comunicado.

AFP |

O tenente Michael Behenna e o sargento Hal Warner foram denunciados por vários crimes ligados à morte de Alí Mansur Mohamed, baleado a "queima-roupa" na Forward Operating Base Summerall, uma base dos EUA no centro do Iraque, informou o Exército.

Behenna foi denunciado por "homicídio premeditado, agressão, falso testemunho e obstrução da justiça".

Segundo a promotoria, o oficial utilizou uma pistola para executar a vítima.

O sargento Warner foi denunciado por "homicídio premeditado, agressão, falso testemunho e obstrução da justiça".

Os dois militares pertencem a uma unidade estacionada na cidade de Bayji, na província de Salahedin.

ceh/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG