Dois milhões de muçulmanos esperados na peregrinação anual a Meca

Quase dois milhões de muçulmanos se preparam para a peregrinação anual a Meca, o hadj, que começará no sábado em meio a fortes medidas de segurança das autoridades sauditas.

AFP |

O ministro saudita do Interior anunciou ter mobilizado mais de 100.000 oficiais para garantir a segurança e o bom desenvolvimento da viagem anual, que reúne a 1,6 milhão de fiéis do exterior e centenas de milhares de sauditas e outros muçulmanos residentes no reino.

"O terrorismo não acabou. Ainda está vivo", disse à imprensa o ministro do Interior, o príncipe Nayef Ben Abdel Aziz, um ano depois das autoridades terem anunciado a prisão de um grupo vinculado à rede terrorista Al-Qaeda que pretendia cometer um atentado para provocar o fracasso do plano de segurança da peregrinação.

Os peregrinos começarão a chegar no início de sábado, a pé ou de ônibus, a Mina, um vale deserto situado a 10 quilômetros de Meca, o primeiro local sagrado do islã, no que marca o início de vários dias de peregrinação.

O "hadj" é um dos cinco pilares do islamismo, segundo o Alcorão, uma viagem que que todo muçulmano deve fazer uma vez na vida se tiver saúde e os meios necessários.

ham/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG