Dois milhões de crianças sofrem de malnutrição em Bangladesh

DACA - Dois milhões de crianças com idade entre seis meses e cinco anos sofrem de malnutrição em Bangladesh, informou um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) neste domingo. A malnutrição infantil continua sendo a principal preocupação para o país, acrescentou o relatório.

Reuters |

Uma a cada quatro casas em Bangladesh oferece comida inapropriada e mais de dois milhões de crianças estão subnutridas, metade do total sofrendo de grave malnutrição, de acordo com uma pesquisa conduzida pelo Programa Mundial de Alimentação (WFP, na sigla em inglês), pelo Unicef e pelo Instituto de Saúde e Nutrição Pública.

"A situação de malnutrição infantil neste país é uma emergência silenciosa", disse Carel de Rooy, representante da Unicef na divulgação do estudo.

AP

AP

Criança com problemas de nutrição



De acordo com a pesquisa, 58 por cento dos lares disseram ter tido comida insuficiente em 2008 por conta dos elevados preços dos alimentos.

"Mesmo se os preços dos alimentos recuarem, a crise está longe de acabar", disse John Aylieff, representante do WFP em Bangladesh.

"A proporção dos gastos das casas com alimentos está maior do que em 2005 e o impacto da crise financeira global sobre os pobres é uma grande preocupação".

Cerca de metade da população de 140 milhões de pessoas de Bangladesh vive com menos de um dólar por dia, disseram autoridades.

Leia mais sobre: fome

    Leia tudo sobre: fome

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG