Dois membros do braço armado do movimento islamita palestino Hamas morreram, na madrugada deste domingo (hora local), em um novo ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza, informou uma fonte médica palestina.

Ambos morreram no leste da cidade de Gaza, quando se preparavam para lançar foguetes na direção de Israel, disseram testemunhas.

De acordo com a fonte médica, o ataque também deixou dois feridos.

Essa mesma fonte contou que outro palestino, atingido no ataque aéreo anterior, não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Moradores da região relataram que helicópteros israelenses atacaram com mísseis ar-terra quatro oficinas, no setor da cidade de Gaza. Segundo Israel, nesses lugares, fabricavam-se, ou armazenavam-se armas, especialmente foguetes.

No sábado, Israel lançou uma ofensiva aérea contra o Hamas, na Faixa de Gaza, que deixou pelo menos 228 mortos, a maioria membros da polícia do movimento islamita.

A operação israelense, sem precedentes em um território palestino, também deixou cerca de 700 feridos, 140 em estado grave, informaram fontes médicas palestinas.

Já os palestinos dispararam mais de 70 foguetes e obuses de morteiro da Faixa de Gaza para Israel, segundo novo balanço do Exército israelense. Esses disparos causaram a morte de um civil e feriram outros quatro.

az-ms/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.