Dois membros da Al Qaeda morrem em confronto com militares na Argélia

Argel, 26 out (EFE).- Dois supostos membros da organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) morreram em um confronto com uma patrulha militar na sexta-feira passada na província de Tebessa, no leste da Argélia, informaram hoje fontes da segurança.

EFE |

Os dois supostos terroristas foram localizados na região montanhosa de Bouhrik e morreram na troca de tiros, segundo as fontes.

Os corpos foram levados para o necrotério do hospital de Chrea para identificação, segundo as fontes, que disseram que as vítimas fatais faziam parte de um grupo da organização terrorista que opera na zona de Budkhen, entre as províncias de Tebessa e Khenchela.

Cerca de 20 membros de grupos terroristas islâmicos morreram desde setembro em diversas regiões do país, segundo as apurações da imprensa local. EFE sk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG