Dois jovens são condenados a 17 anos de prisão por queimar mendiga viva

Dois jovens espanhóis, julgados por espancar e queimar viva uma mendiga em um caixa eletrônico em 2005, foram condenados nesta terça-feira a 17 anos de prisão e ao pagamento de uma indenização à família da vítima no valor de 46.000 euros, informaram fontes judiciais.

AFP |

Além disso, os assassinos deverão indenizar o banco em 26.719 euros, pelos danos causados às instalações do caixa eletrônico.

O crime aconteceu na madrugada do dia 16 de dezembro de 2005, em Barcelona, quando os dois jovens - um de 18 e outro menor de 16 anos - jogaram vários objetos contra uma mendiga, de 50 anos, que havia se refugiado dentro de um caixa eletrônico para passar a noite.

Após derramar querosene no chão, derrubaram o galão no chão e um deles acendeu um cigarro, provocando um incêndio.

Dois dias depois, a mulher faleceu em conseqüência das queimaduras.

As imagens do crime, captadas pela câmera de segurança do caixa eletrônico, foram usadas pela promotoria como principal evidência.

apa/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG