Dois insurgentes morrem em conflito com Exército indiano

Nova Délhi, 9 jun (EFE).- Dois supostos insurgentes morreram hoje em combates com o Exército da Índia na região fronteiriça entre a Caxemira indiana e paquistanesa, informou hoje um porta-voz do Ministério da Defesa indiano.

EFE |

Os soldados identificaram os supostos separatistas e ordenaram que eles se entregassem, mas os insurgentes abriram fogo e começaram um tiroteio, segundo a fonte entrevistada pela agência indiana "PTI".

Os dois insurgentes morreram no conflito, que aconteceu no setor de Keran, perto da Linha de Controle que separa os dois países e que os separatistas tinham cruzado na noite anterior, segundo o porta-voz do Ministério da Defesa.

Na semana passada, outros três insurgentes morreram circunstâncias parecidas no mesmo local.

A Índia acusa o Paquistão de facilitar a infiltração de separatistas de seu território pela linha fronteiriça demarcada provisoriamente em 1972.

As duas potências nucleares mantêm uma disputa sobre o território da Caxemira desde a partilha do subcontinente, em 1947.

Índia e Paquistão se comprometeram em maio a "salvaguardar" o cessar-fogo na Caxemira, pouco depois de o Exército indiano acusar as Forças Armadas paquistanesas de violá-lo primeiro com disparos de suas tropas sobre as posições indianas. EFE amp/wr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG