Dois infectados em Bordeaux têm cepa letal da E. coli

Ministério do Comércio ordenou mercados e lojas a interromper venda de sementes e produtos suspeitos

iG São Paulo |

Duas pessoas que foram infectadas pela bactéria E.coli em Bordeaux , na França, têm a mesma cepa da doença que causou muitas mortes na Alemanha, disseram autoridades francesas. Neste sábado, o estado de saúde de uma das pessoas internadas na cidade do sudoeste da França se agravou.

O ministério do Comércio da França disse que ordenou que os mercados e lojas interrompam a venda de feno-grego, mostarda e sementes que o órgão de segurança do consumidor acredita terem sido fornecidos pela empresa britânica Thompson & Morgan, da cidade de Ipswich, enquanto uma possível ligação com a doença é investigada.

"A ligação entre os sintomas e o consumo dessas sementes ainda não foi definitivamente estabelecida," afirmou o ministério em comunicado emitido na sexta-feira. "De acordo com informações de posse do DGCCRF (órgão de segurança do consumidor), a fornecedora á uma empresa britânica, a Thompson & Morgan, que tem sede em Ipswich," informou.

Dez casos de E.coli foram detectados em Bordeaux, e sete pessoas ainda estavam hospitalizadas na sexta-feira, segundo o médico João Simões, que chefia a agência de saúde regional. Dos dez pacientes atendidos no hospital de Bordeaux desde quinta-feira com fortes diarreias sanguinolentas, pelo menos seis comeram brotos em uma festa realizada em 8 de junho em um centro de recreação para crianças.

Patrick Rolland, autoridade da agência, disse a jornalistas que os testes iniciais mostraram que dois dos pacientes tinham uma variação da E. coli idêntica à que causou quase 40 mortes, a maioria na Alemanha.

Autoridades da saúde na Alemanha ligaram a epidemia a brotos de feijão e outras sementes contaminados em uma fazenda orgânica da Alemanha, que vendeu suas mercadorias a consumidores e restaurantes.

*Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: alemanhaespanhapepinoe. colifrançaexportações

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG