Argel, 27 set (EFE).- Dois membros da guarda argelina foram mortos hoje em um atentado cometido por islamitas em Tizi Ouzou, capital da Cabília, disseram testemunhas à Agência Efe.

Os incidentes ocorreram nas cercanias de Tadmait, quando as vítimas foram interceptadas por um posto de controle falso.

Os agressores pararam um ônibus de viajantes para controlar suas identidades e foi então quando mataram os dois guardas.

Os serviços de segurança acham que a instalação do posto de controle e o assassinato dos membros das forças da ordem são obra da Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), cujas brigadas são particularmente ativas na Cabília. EFE sk/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.