Dois franceses estão entre os pelo menos 130 mortos nos atentados em Mumbai, capital econômica da India, anunciou nesta sexta-feira o ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, em comunicado.

"Expresso minhas condolências aos familiares e amigos, transmitindo também os mais profundos pêsames, nestas circunstâncias insuportáveis, pensando nas vítimas de todas as nacionalidades", acrescentou o chanceler.

"Reitero meu apoio total, o da França e o da União Européia, às autoridades indianas e ao povo indiano que passam por uma prova terrível que será superada por todos nós, juntos", concluiu.

alm/hr/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.