Dois estrangeiros estão entre as vítimas do atentado no Paquistão

Dois estrangeiros, entre eles um funcionário da ONU, estão entre as 11 pessoas mortas nesta terça-feira no atentado suicida contra um hotel de luxo de Peshawar, informaram fontes próximas à investigação.

AFP |

"Há dois estrangeiros entre os mortos", declarou à AFP o ministro da Informação da província, Iftikhar Hussain, sem dar mais detalhes.

Um dos dois trabalhava para as Nações Unidas, destacou, por sua vez, o chefe da administração do distrito de Peshawar, Sahibzada Anees.

O ministro local da caridade islâmica, Zarshaid Khan, relatou à AFP que estava participando de uma reunião dentro do hotel com representantes de doadores estrangeiros destinada a levantar fundos para os refugiados do vale do Swat quando ocorreu a explosão.

Pelo menos 11 pessoas morreram e 52 ficaram feridas no ataque, segundo o último balanço - ainda provisório - divulgado pela polícia e por fontes hospitalares.

Trata-se do sétimo atentado cometido em um mês em Peshawar, a principal cidade do noroeste do Paquistão.

la/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG