LONDRES - Um policial foi assassinado nesta segunda-feira perto da localidade de Craigavon, na Irlanda do Norte, dois dias depois que dois soldados britânicos morreram em um atentado assumido pelo Real IRA, dissidência do Exército Republicano Irlandês (IRA) que não aceita os acordos de paz para o território.


O ataque ocorreu em uma área predominantemente católica, dois dias após o grupo Real IRA disparar tiros contra dois soldados britânicos matando-os, na base militar da cidade de Antrim. Dois soldados e um entregador de pizza foram feridos no ataque do fim de semana.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo novo atentado.
Os dissidentes contra o processo de paz na Irlanda do Norte e o governo Católico-Protestante formado por ele vem aumentando os ataques contra forças de segurança britânicas nos últimos meses.

Leia também:


Leia mais sobre Irlanda do Norte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.