Dois colaboradores de uma ONG alemã desapareceram no Afeganistão

Berlim, 10 abr (EFE).- O diretor da seção médica da ONG alemã KinderBerg e seu motorista desapareceram na terça-feira passada no Afeganistão, informou hoje a ONG com sede em Stuttgart (sul da Alemanha).

EFE |

A ONG suspeita que o médico Abdul Rab e seu motorista Abdul Hafiz, ambos de nacionalidade afegã, foram seqüestrados, tendo em vista que até agora não há notificação alguma sobre seu paradeiro, embora tenham encontrado o veículo no qual viajavam.

Ambos tinham partido na terça-feira de Cabul em direção a Kunduz.

Seu veículo foi achado nesse mesmo dia a 60 quilômetros ao norte de Cabul.

Segundo informações da edição digital do semanário "Der Spiegel", as autoridades afegãs acham que se trata de um seqüestro com motivação criminal e não política.

A pequena ONG KinderBerg foi fundada em 1994 e tem projetos de caráter médico em vários países, entre eles Afeganistão, desde 2002.

EFE ih/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG