Dois civis morreram nesta segunda-feira, dia de eleições gerais nas Filipinas, em ataques de grupos armados em uma província do sul do país que foi cenário, em novembro de 2009, do massacre de 57 pessoas." /

Dois civis morreram nesta segunda-feira, dia de eleições gerais nas Filipinas, em ataques de grupos armados em uma província do sul do país que foi cenário, em novembro de 2009, do massacre de 57 pessoas." /

Dois civis mortos no dia das eleições nas Filipinas

Dois civis morreram nesta segunda-feira, dia de eleições gerais nas Filipinas, em ataques de grupos armados em uma província do sul do país que foi cenário, em novembro de 2009, do massacre de 57 pessoas.

AFP |

Dois civis morreram nesta segunda-feira, dia de eleições gerais nas Filipinas, em ataques de grupos armados em uma província do sul do país que foi cenário, em novembro de 2009, do massacre de 57 pessoas.

Na mesma região de Maguindanao, o Exército enfrentava nesta segunda-feira homens armados.

"Dois civis morreram", declarou à AFP o coronel Arnulfo Burgos, porta-voz nacional do Exército.

"São combates entre partidários de dois candidatos ao posto de prefeito adjunto", completou.

A violência também afeta outras duas localidades da província.

A campanha eleitoral foi marcada pela morte de mais de 100 pessoas, 57 delas em um massacre em novembro do ano passado na província de Maguindanao em um crime provocado pela rivalidade política entre dois clãs muçulmanos.

jvg-kma/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG