Dois casos de gripe aviária são confirmados no Egito--OMS

GENEBRA (Reuters) - Dois novos casos de gripe aviária foram confirmados no Egito pelo Ministério da Saúde do país, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira. Uma menina de 8 anos em Kfr Elsheikh desenvolveu os sintomas em 24 de julho e foi internada em um hospital no dia seguinte, onde está em condição estável de saúde, informou a organização através de um comunicado.

Reuters |

Um menino de 18 meses de Shebin Elkom desenvolveu os sintomas em 28 de julho. Ele também está internado em um hospital e em estado estável.

Pesquisas mostram que as duas crianças tiveram contato próximo com aves domésticas mortas ou doentes, informou a agência da Organização das Nações Unidas.

Com as duas crianças, o número total de pessoas infectadas com o vírus da gripe aviária no Egito sobe para 83, o terceiro maior número de casos desde 2003, após a Indonésia e o Vietnã. Vinte e sete dos casos no Egito foram fatais.

No mundo todo, 438 pessoas já foram infectadas pela doença desde 2003, das quais 262 morreram, informou a OMS.

(Reportagem de Jonathan Lynn)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG