Militares israelenses mataram dois ativistas que estavam se preparando para cometer um ataque na manhã desta sexta-feira no limite da Faixa de Gaza, indicaram militares israelenses.

Os dois homens armados morreram por disparos de militares israelenses cerca da fronteira. Eles carregavam uma bomba, segundo a fonte.

"Os dois homens armados com fuzis de assalto e granadas foram identificados quando se aproximaram do cerco de segurança para instalar explosivos", indicou o exército em um comunicado.

"Uma unidade militar passou a fronteira e disparou na direção deles. Os atacantes responderam e morreram após o tiroteio", acrescentou o exército.

O incidente, que não deixou feridos do lado israelense, produziu na altura da passagem fronteiriça de Kerem Shalom, segundo esta fonte.

Leia mais sobre Palestina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.