Dois atentados deixam pelo menos 13 mortos em Bagdá

Pelo menos 13 pessoas morreram e 26 ficaram feridas em dois atentados com carros-bombas cometidos neste domingo em Bagdá, informou à AFP uma fonte do ministério iraquiano do Interior.

AFP |

Um microônibus-bomba explodiu às 17H30 (11H30 de Brasília) em um mercado do distrito de Shurta, no sudoeste da capital iraquiana, segundo esta fonte, que não quis ser identificada.

Doze pessoas morreram e 25 ficaram feridas, acrescentou a fonte. Um primeiro balanço mencionava dois mortos. O veículo estava estacionado perto de uma mesquita xiita.

Pelo menos seis corpos foram levados para o hospital Yarmuk, segundo uma fonte do ministério da Defesa.

Outro carro-bomba explodiu no bairro xiita de Al-Amel, também no sudoeste de Bagdá, segundo a mesma fonte do ministério do Interior, que mencionou um balanço de um morto e um ferido.

Os dois ataques foram perpetrados no momento do 'iftar', a interrupção do jejum do ramadã.

Poucas horas antes, uma pessoa morreu e três ficaram feridas na explosão de uma bomba escondida na beira da estrada no bairro Al-Mansur, no oeste de Bagdá.

De acordo com o Exército americano, este mês do ramadã foi o menos violento dos três últimos anos em Bagdá e seus arredores.

str/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG