Dois adultos e um bebê morrem pelas fortes chuvas no México

Veracruz - Três pessoas mortas, entre elas um bebê, outras três desaparecidas e mais de 200 desabrigadas é o saldo preliminar das intensas chuvas que castigam ao estado mexicano de Veracruz, no leste do país, informaram nesta sexta-feira as autoridades estatais.

EFE |

Neste estado oriental mexicano, situado no Golfo do México, se transbordaram até o momento dois rios e cinco riachos, o que desencadeou inundações, desmoronamentos e deixou a cerca de cem povoados isolados.

O secretário de Desenvolvimento Social e Meio Ambiente, Ranulfo Márquez Hernández, no comando da operação de apoio aos desabrigados, informou que quatro afluentes mais à parte dos leitos transbordados estão em níveis críticos.

Até o momento a Marinha mexicana assim como autoridades estaduais e municipais, evacuaram mais de 200 pessoas que vivem nas margens do rio Tecolutla, mas com as chuvas que insistem em cair, se espera a evacuação de cerca de sete mil habitantes nas próximas horas.

A cheia de rios de Veracruz deixaram até o momento três pessoas mortas das seis que iam em um automóvel, duas mulheres, um bebê de menos de um ano, além de três homens desaparecidos que viajavam em uma caminhonete que caiu no Rio Blanco.

A Secretaria de Defesa Civil emitiu um alerta para os residentes nas regiões dos rios Cazones e Tecolutla, esta última uma zona de perigo pois em 1999 uma enchente deixou mais de cem mortos e danos incalculáveis.

De acordo com as previsões, nas próximas horas se esperam chuvas de 70 a 100 litros por metro quadrado, e ventos fortes com sequências de até 50 km/h no litoral.

Leia mais sobre: México

    Leia tudo sobre: chuvasclimaméxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG