Kinshasa, 27 dez (EFE).- As autoridades sanitárias da província do Kasai ocidental, na República Democrática do Congo (RDC) decidiram lançar uma operação de isolamento das pessoas infectadas pelo vírus da febre hemorrágica ebola que causou 9 mortos na região desde o final de novembro.

Segundo o Ministério de Saúde do país, o objetivo da operação realizada pela organização humanitária belga Médicos Sem Fronteiras (MSF) é assegurar uma melhor assistência aos doentes e evitar a propagação do vírus.

O vírus ebola é um perigo permanente já que permanece na natureza, advertiu Muyembe Tanfumu, do Instituto Nacional de Pesquisas Biomédicas.

Ele assegurou, no entanto, que o pessoal sanitário, em todas as províncias da RDC, recebeu a formação adequada para detectar qualquer tipo de epidemia. EFE py-st/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.