Distúrbios em Xinjiang deixaram 184 mortos, diz agência oficial chinesa

Os distúrbios em Urumqi, a capital da região de Xinjiang (noroeste da China), causaram 184 mortos, segundo novo número oficial divulgado às primeiras horas deste sábado, hora local, pela agência oficial Xinhua, citando o governo regional.

AFP |

Em Washington, a dissidente uigur no exílio, Rebiya Kadeer, considerou que milhares de pessoas poderiam ter sido mortas durante a violência étnica dos últimos dias em Xinjiang, uma região onde vivem 8,3 milhões de muçulmanos uigures, de língua turca.

Rebiya Kadeer dirige o Congresso Mundial uigur.

bur/dwa/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG