Bruxelas, 19 set (EFE).- A Polícia belga deteve nesta madrugada 43 pessoas envolvidas nos distúrbios que há duas noites agitam um bairro de imigrantes marroquinos em Bruxelas.

Johan Berckmans, porta-voz da corporação, disse que 40 dos detidos prestaram esclarecimentos e foram liberados. Os outros três, segundo a agência "Belga", serão processados por "rebelião", ataques à Polícia e porte de arma branca.

Nos confrontos da última noite, policiais acharam cinco coquetéis molotov debaixo de um caminhão. Uma viatura chegou a ter o vidro quebrado, mas os incidentes foram classificados como "limitados" e nenhum agente ficou ferido.

De quinta para sexta-feira, no entanto, nove policiais saíram feridos dos distúrbios. Dois foram internados em estado grave.

Os confrontos no bairro de imigrantes começaram na tarde de quinta. Nesse dia, um adolescente de 14 anos foi preso dentro de casa, o que revoltou parentes e vizinhos.

Para evitar novos distúrbios, um líder comunitário cancelou as festas previstas para este fim de semana, quando termina o mês sagrado do Ramadã. EFE met/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.