Discussões continuam sobre participação da Espanha na cúpula financeira

Bruxelas, 3 nov (EFE).- As discussões sobre as modalidades exatas de participação na cúpula financeira que acontecerá em Washington em 15 de novembro continuam, disseram hoje fontes da Presidência da União Européia (UE), atualmente nas mãos da França.

EFE |

O presidente americano, George W. Bush, anfitrião da reunião, convocou o G20, do qual fazem parte os países mais industrializados, a Rússia e as principais economias emergentes, mas a Espanha reivindica também participar da cúpula, apesar de não ser membro do grupo.

Perguntado hoje sobre os preparativos da reunião, um diplomata francês lembrou que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, "disse publicamente que acharia muito normal que a Espanha estivesse presente".

"Que eu saiba, as discussões continuam sobre as modalidades exatas de organização da cúpula do dia 15 e sobre a rodada de discursos. Não posso dizer mais, por enquanto", acrescentou o representante da Presidência francesa da UE.

Os líderes da União Européia realizarão na próxima sexta-feira, em Bruxelas, uma reunião informal para preparar essa cúpula financeira internacional.

Antes, os ministros de Economia e Finanças analisarão, amanhã, o programa das duas reuniões, durante a reunião mensal do Conselho Ecofin.

Segundo o diplomata, nenhuma outra delegação da UE solicitou formalmente estar presente na cúpula de Washington.

"Não estou informado de outros pedidos formais de participação, mas é algo natural que aqueles que não fazem parte do G20 queiram de uma forma ou outra estar representados", disse a fonte. EFE jms/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG