Washington, 4 set (EFE).- A campanha democrata recebeu US$ 10 milhões nas últimas 24 horas, desde que a aspirante republicana à Vice-Presidência, Sarah Palin, pronunciou seu discurso com críticas ao candidato presidencial Barack Obama.

As críticas formuladas pela Governadora do Alasca mobilizaram cerca de 130.000 doadores democratas que, com suas contribuições, doaram aproximadamente US$ 10 milhões à candidatura do senador por Illinois, segundo fontes da campanha.

Após o discurso de Palin, o diretor de campanha de Obama, David Plouffe, enviou um e-mail pedindo novas contribuições para poder financiar e ampliar as atividades eleitorais até 4 de novembro.

Fontes da campanha de Obama informaram que, após o discurso de hoje do candidato republicano John McCain, esperam ainda mais contribuições.

A campanha republicana recebeu contribuições de US$ 10 milhões desde que anunciou, em 29 de agosto, que Palin seria a companheira de chapa de McCain.

Os republicanos também enviaram um e-mail a seus simpatizantes, em nome de Palin, pedindo novas doações para "poder financiar a resposta aos últimos ataques dos democratas". EFE pgp/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.