Discovery se separa da ISS

Washington, 17 abr (EFE).- O ônibus espacial Discovery se separou hoje da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), 12 dias depois de dar início a uma missão para transferir mais de sete toneladas de equipamentos à plataforma.

EFE |

O piloto James P. Dutton finalizou a separação do Discovery às 9h52 (horário de Brasília), e depois deu um giro completo em volta da ISS para fazer uma série de fotografias e vídeos da parte exterior do complexo espacial.

Se não surgirem problemas originados pelo mau tempo, o Discovery pousará no Centro Espacial Kennedy, no estado americano da Flórida, na segunda-feira de manhã, informou a Nasa (agência espacial americana) em seu site.

"Foram excelentes hóspedes. Retornem em breve. Que tenham um bom pouso", disse o engenheiro da ISS, Timothy Creamer.

Em sua última viagem de ida e volta à ISS, o ônibus espacial voltará para a Terra com 2,5 toneladas de resultados de vários experimentos científicos.

A separação das estruturas ocorreu pouco depois de os astronautas completarem a revisão do escudo térmico da nave e determinarem que o equipamento não sofreu danos durante o lançamento e que está pronto para suportar a colisão molecular de sua entrada na atmosfera terrestre.

A revisão geralmente é realizada pouco antes do acoplamento das naves na ISS, mas o procedimento teve que ser cancelado devido a problemas na antena do radar Ku-Band, que transmite vídeos e informação, em tempo real, aos engenheiros em terra. EFE mp-ojl/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG