Dirigente opositor venezuelano estaria no Peru em busca de asilo

O dirigente opositor venezuelano Manuel Rosales, prefeito da cidade de Maracaibo e acusado em seu país de enriquecimento ilícito, estaria no Peru desde domingo passado em busca de asilo, afirma nesta terça-feira o influente jornal El Comercio, que cita fontes diplomáticas.

AFP |

Segundo a publicação, Rosales, considerado o principal opositor ao presidente Hugo Chávez, iniciou gestões com as autoridades peruanas para tramitar o asilo. No momento, não há nenhuma confirmação ou desmentido por parte das autoridades.

Rosales, ex-candidato presidencial nas eleições de 2006, teve sua prisão provisória decretada pela Procuradoria há um mês. Ele alega que as acusações são mera perseguição política.

Omar Barboza, secretário-geral do "Um Novo Tempo" (social-democrata), anunciou em uma entrevista coletiva à imprensa na segunda-feira que a decisão de solicitar asilo político para o prefeito obedece à intenção de "continuar percorrendo o caminho democrático", pois de outra forma Rosales teria que passar por uma situação de clandestinidade.

nn/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG