Dirigente do Hamas afirma que grupo continuará se armando

O grupo radical islâmico Hamas continuará se armando e desenvolvendo sua capacidade militar, e ninguém o impedirá de fazê-lo, disse neste domingo Osama Hamdan, representante do Hamas no Líbano, respondendo às iniciativas internacionais de combate ao contrabando de armas.

AFP |

"Nem os porta-aviões, nem a vigilância aérea e marítima poderão nos impedir de comprar armas ou de levar armamento para a Faixa de Gaza e para a Cisjordânia", afirmou Hamdan em Beirute.

"A resistência (contra Israel) deve continuar e deve prevalecer, e para isso precisamos ter armas, é um direito legítimo", acrescentou.

"Quaisquer que sejam as medidas adotadas, nós não vamos capitular, e vamos continuar comprando armas para servir à resistência", insistiu o dirigente do grupo islâmico.

rd/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG