Dirigente da Al-Qaeda ameaça Índia com novos atentados

Um alto dirigente da rede terrorista Al-Qaeda cuja morte havia sido informada no ano passado gravou um vídeo no qual ameaça a Índia com novos atentados em caso de ataque contra o Paquistão, anunciou nesta terça-feira a BBC.

AFP |

No mesmo vídeo, Mustafá Abu al-Yazid, um dirigente egípcio da Al-Qaeda que mora no Afeganistão, conclama os paquistaneses a derrubarem seu presidente e seu governo, segundo a rede de televisão britânica.

O vídeo foi enviado ao correspondente da BBC em Islamabad, destacou a rede, frisando que não pretende divulgá-lo.

As autoridades paquistanesas acreditavam que Yazid tinha sido morto em agosto de 2008 durante uma ofensiva militar paquistanesa na zona tribal de Bajaur, na fronteira com o Afeganistão, considerada reduto de talibãs e de partidários da Al-Qaeda.

"A Índia precisa saber que pagará o preço mais alto se atacar o Paquistão", adverte neste vídeo o líder da Al-Qaeda.

"Os mujahedines esmagarão seus exércitos, como fizeram com os russos no Afeganistão" nos anos 80, acrescenta.

O dirigente da Al-Qaeda também se refere na gravação à "humilhação" sofrida pela Índia durante os ataques de Mumbai, que deixaram 165 mortos no fim de novembro.

Mustafá Abu al-Yazid é considerado por comandantes militares americanos como o chefe da Al-Qaeda no Afeganistão. Ele seria próximo do egípcio Ayman al-Zawahiri, o adjunto de Osama bin Laden.

psr/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG