Davos (Suíça), 29 jan (EFE).- A nova Administração nos Estados Unidos representa a esperança de um mundo mais humano e seguro, afirmou hoje o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed ElBaradei, que recomendou ao presidente Barack Obama abrir um diálogo sem condições prévias com o Irã.

"É a primeira vez que tenho a esperança de ver um mundo mais humano e seguro", destacou em um debate sobre as expectativas criadas pelo novo Governo americano no Fórum Econômico Mundial de Davos.

ElBaradei ressaltou que, nos próximos seis meses, Washington pode adotar medidas efetivas para diminuir a ameaça nuclear, entre as quais citou a revitalização dos tratados para o controle de armas de destruição em massa.

Além disso, recomendou a Obama iniciar "um diálogo direto sem condições prévias com o Irã", como disse que era sua intenção durante a campanha presidencial.

"Goste ou não de seus inimigos, é preciso falar com eles", acrescentou.

"Esse é o caminho que deve ser seguido. Desperdiçamos seis anos tentando criar confiança e fracassamos. Cada vez que se tenta isolar um país, é pior", afirmou o diretor-geral da AIEA.

Segundo ele, este foi o caso do movimento islâmico Hamas, que chegou ao Governo na Faixa de Gaza após eleições livres, "depois se isolou e o resultado foi o massacre em Gaza", disse, em referência à recente ofensiva de Israel no território palestino.

ElBaradei defendeu que a instabilidade na região do Oriente Médio não é consequência dos conflitos no Iraque e no Afeganistão, mas da incapacidade de encontrar uma solução ao problema entre israelenses e palestinos. EFE is/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.