Diretores de Barajas dizem que funcionamento do aeroporto já voltou ao normal

Madri, 21 ago (EFE).- O diretor adjunto do Aeroporto de Barajas, José Sanz, deu hoje por normalizado o funcionamento das instalações do terminal aéreo espanhol, um dia depois do trágico acidente que matou 153 pessoas e feriu 19 pessoas.

EFE |

Em declarações aos jornalistas, Sanz afirmou que o aeroporto "está funcionando sem nenhum problema", e acrescentou que Barajas voltou a operar "pouco a pouco", uma hora e meia após a tragédia.

Sanz disse que são esperadas para hoje 1.224 operações, entre chegadas e partidas, e que as quatro pistas do aeroporto estão funcionando desde o início da manhã.

No entanto, Sanz advertiu que é possível que, em algum momento do dia, a pista de onde decolou o avião da Spanair deixe de operar, pois será avaliada por membros da Comissão de Investigação de Acidentes e Incidentes de Aviação Civil (CIAIAC) do Ministério do Desenvolvimento espanhol, que investigam as causas do acidente.

No local do acidente, continuam os trabalhos da Polícia e dos bombeiros, que terminaram o resgate dos corpos no início da tarde, quando encontraram os dois últimos cadáveres, o de um bebê e o de um adulto.

A CIAIAC tentará reconstituir todas as manobras feitas pelo avião antes da tragédia e estudará detalhes e conteúdo das caixas-pretas.

Assim, a CIAIAC analisará as conversas entre a tripulação e a torre de controle durante a decolagem e avaliará as marcas deixadas pelo avião na pista e durante o momento de levantar vôo. EFE cn/wr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG