Diretor Sam Mendes e ator Daniel Craig se despedem de Paul Newman

O diretor de cinema britânico Sam Mendes e seu compatriota e ator Daniel Craig, que trabalharam com Paul Newman em 2002, no filme Estrada para perdição, lamentaram, neste sábado, a morte do ator americano, destacando suas qualidades profissionais e humanas.

AFP |

"Dizer que era um homem extraordinário é pouco", declarou Mendes.

"Pode-se dizer isso de pouquíssimas pessoas, mas ele era, realmente, um grande homem" e trabalhar com ele "foi o auge da minha vida profissional", completou Sam.

Era "um ator trabalhador, não uma estrela de cinema, e insistia em que todo o mundo fizesse o mesmo. Não havia ego, nem séquito, nem bajuladores. Apenas Paul, seu roteiro e seu espírito incrível", lembrou.

Craig, o atual James Bond, descreveu Newman como "um dos maiores atores do cinema de todos os tempos e um homem belo".

"Acho que é o fim de uma era", sentenciou.

psr/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG