Acadêmico francês é encontrado morto em hotel de Nova York

Presidente da França lamenta morte de Richard Descoings, 53 anos, cujas circunstâncias ainda não são claras

iG São Paulo |

AP
Richard Descoings, prestigiado acadêmico francês encontrado morto em NY, em foto de 2001
O diretor do prestigiado Instituto de Estudos Políticos de Paris (Sciences Po Paris), Richard Descoings, foi encontrado morto nesta terça-feira em um hotel de Nova York, informou a polícia.

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, lamentou a morte do acadêmico “mundialmente reconhecido”. De acordo com Sarkozy, “Descoing deu a estudantes desprivilegiados a chance de estudar em uma escola de prestígio, promovendo um marco histórico no escandaloso elitismo social do país”.

Descoings, de 53 anos e também membro do Conselho de Estado da França, estava em Nova York para participar de um fórum de presidentes de universidades promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York, Paul Browne, disse que o corpo de Descoings foi encontrado nu na cama de seu quarto de hotel em Manhattan no início da tarde de terça-feira.

As autoridades aguardam o exame médico para determinar as causas de sua morte.

"Não descartamos nenhuma hipótese. Estamos investigando a possibilidade de alguém mais ter estado no quarto", disse Browne, que afirmou não haver sinais de violência aparentes.

Colegas de Descoings haviam se dirigido ao hotel para saber seu paradeiro, uma vez que o diretor não participara de uma apresentação programada no período da manhã na Universidade de Columbia.

Descoings foi agraciado com a Legião de Honra da França em 2005 e trabalhou como assessor dos ex-ministros Michel Charasse e Jack Lang.

Com AP e EFE

    Leia tudo sobre: EUARichard Descoingsnova yorkfrança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG