Diretor de maior operadora de celulares do mundo é investigado por suposta corrupção

PEQUIM - Zhang Chunjiang, vice-presidente e diretor-executivo da China Mobile, maior operadora de telefonia celular do mundo, está sendo investigado por um suposto caso de corrupção, informou neste domingo a imprensa chinesa.

EFE |

Zhang, também secretário do Partido Comunista da China (PCCh) no comitê de empresa, é "suspeito de ter infringido de forma grave as normas do partido", informou a agência oficial de notícias "Xinhua".

Um porta-voz da China Mobile, uma das principais firmas com ações na Bolsa de Hong Kong, confirmou à imprensa internacional que Zhang estava sendo investigado por "ter supostamente quebrado um contrato por motivos pessoais".

A China Mobile contava até outubro com 513,5 milhões de usuários, a maior parte dos mais de 633 milhões de clientes da telefonia celular do gigante asiático.

A China tem o maior mercado do planeta, distribuído entre esta operadora e as outras duas gigantes estatais: a China Unicom e a China Telecom.

Leia mais sobre: corrupção

    Leia tudo sobre: celularchina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG