Diretor de Itaipu defende processo contra ex-presidente paraguaio Duarte

O diretor paraguaio da represa hidroelétrica paraguaio-brasileira Itaipu, Carlos Mateo, pediu nesta segunda-feira que seja aberto um processo por corrupção contra o ex-presidente Nicanor Duarte, que governou o Paraguai entre 2003 e 2008.

AFP |

"Itaipu desembolsou somas milionárias de dinheiro para a construção de supostas obras de caráter social, mas elas não foram feitas ou os recursos foram usados para favorecer setores (de base) do partido Colorado (hoje na oposição)", disse Mateo, referindo-se ao período de governo de Duarte.

Em seu pedido de processo, incluiu seu antecesor na represa, Víctor Bernal, um aliado próximo de Duarte.

A denúncia foi apresentada hoje perante Procuradoria de Crimes Econômicos, usando como base matérias publicadas no jornal ABC, que possui a maior tiragem do Paraguai.

Tanto Duarte como Bernal são protegidos por fóruns privilegiados, o presidente por ser senador vitalício e o ex-diretor de Itaipu como senador em atividade.

hro/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG